Agosto 8, 2017

O Edifício

O Museu Municipal de Resende está instalado no edifício da antiga Cadeia de Resende, mandado recuperar e ampliar em 2003, pelo então Presidente da Câmara, Eng.º António Borges.

O edifício da antiga Cadeia foi construído no séc. XX, sensivelmente nos anos 30, representando a tipologia dos edifícios públicos dessa década. A edificação deste equipamento, da responsabilidade do então Presidente da Câmara de Resende, Manuel Rebelo Moniz, substituía a antiga cadeia de Vinhós.

Local de reclusão para os excluídos da sociedade, cumpriu a sua função até ao dia 25 de Abril de 1974, época em que se extinguiram as Cadeias concelhias, passando os serviços prisionais para a Cadeia Regional de Lamego.

O edifício da Cadeia, que serviu de Armazém Geral da Cooperativa Agrícola e de Oficinas Municipais até 2003, transformou-se num lugar de acolhimento de “memórias culturais e históricas”, preservando, no entanto, os seus traços arquitectónicos e características funcionais, graças aos seus Arquitetos Manuel Magalhães e Eduardo Oliveira.

Inaugurado em 03 de Junho de 2006, o edifício do Museu Municipal de Resende, caracteriza-se por um estilo arquitectónico contemporâneo, em contraste com o edifício existente, evidenciando-se claramente as diferentes épocas de construção. Mantendo a fachada principal, em cantaria, o tratamento dos paramentos rebocados e as molduras em pedra dos vãos das janelas, assim como aspectos interiores, nomeadamente algumas portas de celas, gradeamentos de portas e janelas, que lhe conferem a “dignidade” do desenho e do seu carácter público.

Os espaços do Museu desenvolvem-se em torno de um pátio funcional interior com funções de área de estar/lazer, arejamento e iluminação natural dos espaços lhe são contíguos. O edifício assume um carácter polivalente e flexível nas diferentes valências: áreas de exposição permanentes e temporárias, auditório, áreas administrativas e de apoio, espaços multiusos e áreas oficinais.