Desafio: Alguém quer doar uma chapa de matricula de um carro de vacas? – Recolher para Preservar

“Recolher para preservar” consiste num projeto  que convida à participação de todos na procura e recolha de um objeto característico que se enquadre nas grandes temáticas das coleções do Museu Municipal de Resende: etnografia e arqueologia ou outras com relevância para o estudo da História Local. Pretende também que se recolha toda a informação possível sobre o mesmo,  e se proceda ao preenchimento de uma ficha de inventário a entregar no Museu Municipal de Resende juntamente com o objeto (no caso de ser um objeto que necessite de transporte, devem entregar apenas a ficha e solicitar no Museu transporte para o trazer para o Museu) . O seu depositante será a pessoa que efetuar a recolha e, por isso, a sua memória perpetuará pelos tempos futuros, possibilitando às gerações seguintes um encontro intergeracional entre objetos que já pertenceram aos avós e que agora podem ser visitados no Museu pelos filhos e netos e gerações futuras.

É simples! Basta não deitar fora aquele objeto que pertenceu ao avô ou avó ou alguém especial e que de qualquer forma contribui para o enriquecimento da  História do concelho e prolongar-lhe a vida, entregando-o no Nosso Museu!

 Apelamos por isso ao Vosso contributo nesta iniciativa!

Para começar apresentamos um desafio:

  • Alguém conhece o objeto da fotografia? É uma chapa metálica com o n.º de registo de um carro de vacas, ou seja a matricula de um carro de vacas. É pena não ser do nosso concelho.Alguém tem destas matriculas do concelho de Resende? O carro de vacas do  Museu precisa de matricula!!

A chapa de matricula anteriormente publicada foi doada ao Museu pelo Sr. Eugénio Guedes de Almeida que, ainda no âmbito deste projeto ofertou uma chapa dos seguros metrópole também usada pelos
carros de vacas/bois e uma chapa que pertencia o Posto de Transformação – cabine de eletricidade.

A fotografia destes dois objetos poderá ser vista na galeria de fotos associada a esta notícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *